A parceria começou há pouco tempo: são cerca de seis meses desde que foi anunciado que ApliDigital distribuiria soluções da Alcatel-Lucent. Contudo, as expectativas do mais novo parceiro da fabricante, diz o presidente da distribuidora, Francisco Gandin, são grandes: a área de newtoking da companhia, que hoje representa cerca de 10% do faturamento, deve chegar em 70% em 2014.

“O portfólio da Alcatel-Lucent veio completar nossa área de networking”, contou o executivo à CRN Brasil, referindo-se às marcas Exinda, Vidyo e NetOptics que já faziam parte do portfólio da distribuidora. “A fabricante tem uma rede muito grande de canais de voz, e nem tanto de networking”, avaliou.

Segundo Gandin, a distribuidora tem cerca de 30 canais aptos a vender a marca. “Estamos trabalhando em dois pontos interessantes: oferecendo os produtos a alguns canais de segurança que tenham interesse em ampliar sua linha e a apresentação para canais que já sejam da área”, contou.

A Aplidigital, criada em 2010, não abre faturamento, mas diz esperar crescer 30% neste ano, “mesmo diante do mercado confuso”. “Hoje estamos vendo que o processo de compra do cliente está mais demorado”, afirmou, explicando os reflexos de uma economia brasileira menos aquecida do que em anos anteriores.

A parceria com um fabricante de infraestrutura, adicionou, ajuda a impulsionar a marca e os negócios como um todo. “Networking é muito mais caro, é um volume muito maior. É uma mudança na forma de a empresa atuar”, contou. De qualquer forma, a ideia não é tirar foco nas demais soluções atuais, que vão desde aplicações Mastersaf, com foco em Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) a ofertas de segurança da Watchguard. “Cresceremos em todos, mas como networking gira mais dinheiro, ganhará mais proporção”, finalizou.

CRN:
http://bit.ly/1xPZ45H